Quinteto criminoso foi preso em Delmiro Gouveia, após uma abordagem da PRF. Criminosos são suspeitos de assaltos no Polo Comercial de Delmiro e em lojas de Canapi.

Crédito: Ítallo Timóteo – Radar 89
Uma operação das Polícias Rodoviária Federal, Militar e Civil resultou na prisão de cinco pessoas, acusadas de realizarem vários assaltos nas cidades de Delmiro Gouveia e Canapi no Sertão de Alagoas. A ação iniciou na tarde deste domingo, 8, e foi concluída ao anoitecer.

Os integrantes do grupo foram identificados como: Josimário Santos da Silva, 22 anos, residente em Caruaru – PE; Júlio Cesar Tenório Cavalcante, 28 anos, residente no Povoado Caixão (Delmiro Gouveia); Maciel José da Silva, 24 anos; Douglas da Silva, 21 anos e Jordana Araújo da Silva, 18 anos, esses três últimos residentes na cidade de Cupira – PE.


Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, que coordenou a operação. A prisão do bando iniciou depois que Agentes da Polícia Rodoviária ordenaram que um veículo Prisma de cor prata e placa PEX-7257/PE fosse parado, o motorista ignorou, iniciando uma perseguição de aproximadamente 5 quilômetros em um trecho da BR-423, no município de Delmiro Gouveia.

Os Patrulheiros conseguiram parar os suspeitos e durante a revista, munições de diversos calibres foram localizados no interior do veículo, na ocasião três deles acabaram sendo presos.


O trio foi conduzido para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), e na DEPOL, os policiais reconheceram o veículo como o mesmo utilizado no assalto do Polo Comercial da cidade. Após uma investigação, a polícia realizou a prisão de mais dois rapazes no Povoado Caixão no município de Delmiro Gouveia.

Na delegacia a mulher confessou em depoimento que havia um revólver no interior do automóvel e durante a fuga ele foi jogado, os policiais realizaram buscas, mas a arma não foi encontrada.


Em entrevista ao portal Radar 89, o delegado regional Rodrigo Rocha informou que o bando é suspeito de participar também de assaltos na cidade de Canapi, ele também frisou que o quinteto criminoso será autuado por associação criminosa, assaltos e adulteração de veículo.





Por Radar 89