MP-AL e Casal firmam parceria para melhoria no abastecimento de água no sertão de Alagoas. - Sertão News 24 Horas

Sertão News 24 Horas

Portal de noticias de Mata Grande-AL

Post Top Ad

PUBLICIDADE:












MP-AL e Casal firmam parceria para melhoria no abastecimento de água no sertão de Alagoas.



 Da redação do Sertão News 24 Horas. 


Por Assessoria


Foto: MP- AL
Na manhã de hoje, no fórum de Mata Grande, foi firmado Termo de Ajustamento de Conduta pelo Ministério Público Estadual, por meio do promotor de justiça Cláudio José Moreira Teles, titular da 2ª promotoria de Delmiro Gouveia, pelas prefeituras de Mata Grande, Inhapi e Canapi e a Empresa de Saneamento de Alagoas - CASAL. O acordo prevê investimentos e medidas administrativas para regularizar o fornecimento de água nos três municípios.
O termo de acordo é resultado da coleta de assinaturas realizada por um grupo de moradores em um abaixo-assinado que solicitava ao Ministério Público a instauração de inquérito civil para investigar as deficiências na prestação de serviço da CASAL. O grupo de moradores, hoje reunidos na Associação Amigos de Mata Grande, reuniu-se com o promotor de justiça e o gerente regional da CASAL de Delmiro Gouveia, onde foi ventilada a elaboração de um TAC.
Depois de várias horas de discussões, ao longo de duas reuniões, chegou-se ao documento assinado hoje, em audiência pública que contou com a presença do vice-presidente da CASAL, Francisco Beltrão, o Superintendente Eduardo Henrique, os prefeitos das cidades de Inhapi e Canapi, o Procurador Geral do Município de Mata Grande, o Presidente da Câmara de Vereadores de Canapi e o representante da comunidade, atual presidente da Associação, Leonardo Gomes Nunes.
No termo de acordo a CASAL se compromete a investir mais de 15.000.000,00 (quinze milhões de reais) no sistema de distribuição de água dos três municípios, com a criação de um sistema de captação em Inhapi e a substituição de equipamentos nas estações elevatórias, além de outras medidas estruturais e administrativas, com previsão de conclusão para dezembro deste ano.
O termo prevê, ainda, o pagamento de multa diária de R$ 500,00 (quinhentos reais) por dia de inadimplência das ações firmadas.
“No verão passado os moradores de Mata Grande tinham água encanada a cada 60 dias em média.
Espera-se que esse intervalo seja bastante reduzido com a implantação desse plano de investimento que a CASAL se comprometeu em executar ainda este ano”, comenta o presidente da associação.