Renan Filho e outros eleitos em 2018 são diplomados pelo TRE-AL - Sertão News 24 Horas

Sertão News 24 Horas

Portal de noticias de Mata Grande-AL

Post Top Ad

PUBLICIDADE:












Renan Filho e outros eleitos em 2018 são diplomados pelo TRE-AL

Entrega do diploma oficializa resultado das urnas em Alagoas. É o último passo do processo eleitoral e condição formal para a posse.



Governador, vice-governador, senadores, deputados estaduais, deputados federais e suplentes eleitos por Alagoas nas eleições deste ano foram diplomados nesta segunda-feira (17), em uma solenidade realizada no plenário do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) (veja a lista completa dos eleitos ao final do texto).

Apenas quatro deles não compareceram, e receberão o diploma por procuração.

A entrega do diploma oficializa o resultado das urnas, é o último passo do processo eleitoral e condição formal para a posse. A solenidade foi presidida pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL), desembargador José Carlos Malta Marques, e contou com diversas autoridades do Judiciário e do Legislativo.

Um auditório lotado de correligionários, líderes partidário e familiares aplaudia cada um dos eleitos, quando chamados para serem diplomados.

O governador eleito Renan Filho (MDB) ressaltou, durante o seu discurso, a importância do Executivo e Legislativo trabalharem juntos, em prol do Estado.

"Vamos trabalhar juntos para construir aquilo que todos disseram, uma Alagoas mais forte, melhor para nossas crianças. Vamos colocar o que é melhor para nós, nosso filhos, nossos vizinhos. Gostaria sempre de estar à altura das expectativas de todos. Se eu não estiver, que puxem a minha orelha", recomendou Filho.

Ele se comprometeu com a melhora do ensino médio do Estado. "Assumo compromisso para primeiro colocar Alagoas entre os 10, e, se Deus quiser, colocaremos Alagoas entre os primeiros com o melhor ensino médio do Brasil", falou o governador.

A deputada estadual Jo Pereira (MDB) discursou representando os seus pares na Assembleia Legislativa (ALE-AL). Ela fez um apelo para que todos trabalhem pelo bem do povo alagoano.

"O povo é a real fonte de todo o poder. Essa legitimidade deve ser respeitada e praticada diariamente, através do diálogo, respeito, tolerância das diferenças, equilíbrio das ideias, sempre em busca de uma Alagoas mais justa", afirmou Jo Pereira, que foi reeleita deputada estadual.

Ela também lamentou o fato de a política e os políticos estarem em descrédito com a sociedade.

"Nos últimos anos é comum nas rodas de conversa se falar mal da política e dos políticos. Tenho a impressão de que chegou ao fundo do poço. Não se fala mais de um ou outro político, tudo foi generalizado. Fala-se de todos. Todos são ruins. Como em todo cenário de exageros, que gera uma cortina de fumaça na avaliação das pessoas, isso não corresponde à realidade", ponderou a deputada reeleita.

Representando os deputados federais eleitos, JHC (PSB) pediu união da bancada alagoana na Câmara Federal.

"Avançamos na última legislatura, mas podemos avançar muito mais. A crítica vem, gastamos energia para tentar nos desculpar, mas o caminho mais fácil é enfrentar o problema. Que a união seja nossa religião", afirmou JHC.

O deputado falou ainda da importância da reforma da previdência.

"Devemos discutir as reformas necessárias, acabar com os privilégios que acabam com o povo brasileiro, enfrentar as discussões da reforma da previdência. 66% das despesas primárias são para a previdência. Só temos 5,5% para outras obras. É muito pouco. Precisamos entender essa matemática", disse.

Eleito pela primeira vez ao senado, Rodrigo Cunha (PSDB) se emocionou ao lembrar de sua mãe, deputada Ceci Cunha, assassinada em 1998, horas depois da diplomação.

"Em 1998, minha mãe usou essa tribuna para fazer o discurso de sua diplomação. Marcou a história de Alagoas e está tatuado na memória de todos. Tirei dali, por 13 anos, o combustível da minha motivação. Ninguém aqui lembra dos bens que ela tinha, mas lembra do bem que ela fez na política, deixou seu legado".

Cunha falou ainda que pretende resgatar a autoestima do povo alagoano.

"Farei tudo o que estiver ao meu alcance, fazer com que essse estado melhore, que as pessoas acreditem em seu potencial, que sejam tratadas com respeito e dignidade. Estou aqui sem rabo preso, sem amarras, sem uma bola no pé. Ainda há muitos capítulos a serem escritos", disse o senador eleito.

Veja abaixo os nomes dos eleitos nas eleições de 2018:

Governador: Renan Filho (MDB)

Vice-governador: Luciano Barbosa (MDB)

Senadores: Rodrigo Cunha (PSDB) e Renan (MDB)

Deputados federais: JHC (PSB); Arthur Lira (PP); Marx Beltrão (PSD); Sérgio Toledo (PR); Nivaldo Albuquerque (PTB); Isnaldo Bulhões (MDB); Severino Pessôa (PRB); Paulão (PT) e Tereza Nelma (PSDB).

Deputados estaduais: Jo Pereira (MDB); Ricardo Nezinho (MDB); Olavo (MDB); Marcelo Victor (SOLIDARIEDADE); Davi Davino Filho (PP); Antonio Albuquerque (PTB); Paulo Dantas (MDB); Cibele Moura (PSDB); Fátima Canuto (PRTB); Yvan Beltrão (PSD); Jairzinho Lira (PRTB); Cabo Bebeto (PSL); Gilvan Barros Filho (PSD); Galba Novaes (MDB); Flávia Cavalcante (PRTB); Marcos Barbosa (PPS); Marcelo Beltrão (MDB); Bruno Toledo (PROS); Inácio Loiola (PDT); Leo Loureiro (PP); Angela Garrote (PP); Breno Albuquerque (PRTB); Francisco Tenório (PMN); Tarcizo Freire (PP); Dudu Ronalsa (PSDB); Davi Maia (DEM); e Silvio Camelo (PV).


Fonte: G1 AL