Canapi: Resposta Festa de Formatura - Sertão News 24 Horas

Sertão News 24 Horas

Portal de noticias de Mata Grande-AL

Post Top Ad

PUBLICIDADE:












Canapi: Resposta Festa de Formatura



Por Ascom

Seria estranho se diferente fosse... Entretanto, em mais uma tentativa frustrada, a “imprensa” comprometida com o atraso e com o passado tenta denegrir uma gestão voltada à responsabilidade e à transparência de seus atos “divulgando fatos alheios a verdade”, o que vamos mais uma vez desconstruir agora.
Seguindo entendimento da Procuradoria e da Controladoria Municipal, o fato de tratar-se de Escola Estadual fere a divisão de Poderes não sendo assim possível intervenção ou aporte financeiro por parte da Prefeitura para a realização deste tipo de evento. Além de tudo, se trata de uma festa particular do tipo em que o acesso do público se dá mediante Convite pessoal, o que em nada atende ao interesse público, ou seja, exclui a participação do povo em geral, como deve ser nos eventos patrocinados pela Prefeitura.
Em se tratando de eventos realizados pelas Escolas Municipais, a Prefeitura pode e deve ser apoiadora, disponibilizando materiais devidamente licitados, tais como cadeiras, mesas, decoração, etc., para ações que contribuam no desenvolvimento do ensino a exemplo das Feiras de Ciências e Projetos Educacionais que estiverem tecnicamente dentro das diretrizes do FNDE, porém ficando terminantemente vetado repasses financeiros de qualquer natureza. 
Apesar disso, o ex-prefeito Zé Hermes contribuiu de forma espontânea e  pessoal com o valor de R$ 3.000.00 a serem gastos com as despesas da festa a encargo da comissão organizadora.
A veiculação da matéria só demonstra a busca - “infrutífera”, diga-se de passagem -, em atacar o governo, mesmo que para isso seja necessário transformar um ato absolutamente correto e legal por parte da Prefeitura em factoide que tem o objetivo específico de denegrir a imagem e a solidez de uma gestão aprovada pelo povo de Canapi. 
Sugerimos que, em caso de dúvidas, o redator consulte os órgãos competentes e fiscalizatórios tais como MP (promotor) e TCE buscando orientação sobre os assuntos de sua pauta, o que seria infinitamente bem mais coerente do que plantar a eterna semente do ódio, fruto do desespero, fato que em nada assusta a gestão em seu compromisso com o dinheiro do povo. 
Fazer Comunicação requer cuidado com a informação, critério em distinguir o que noticia, zelo com as fontes e respeito ao seu público. Afinal, a verdade sempre vem à tona, pois, como bem disse o Padre Cicero Romão, “a verdade cabe em todo lugar”. Aprenda!