Por Redação



A tragédia aconteceu em uma ponte localizada na cidade mineira de João Monlevade, 19 pessoas morreram e outras 21 pessoas ficaram feridas.

Muitos parentes e amigos ainda tentam encontrar respostas para o fatídico acidente que levou a morte de moradores dos municípios de Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca e Mata Grande.

Comoção nacional pelas vidas de jovens que iriam começar uma nova história, além de reencontros que foram destruídos com o acidente na pequena cidade mineira. Os sobreviventes receberam assistência hospitalar e psicológica de profissionais e moradores da região.

As vítimas receberam a liberação no Instituto Médico Legal (IML), e os corpos foram translados em aviões da FBA (Força Aérea Brasileira), para o aeroporto de Paulo Afonso no estado da Bahia, logo depois seguiram para suas respectivas cidades em carros do corpo de bombeiros de Alagoas.