A força tarefa para realizar a apreensão contou com o apoio  guarnições da região, além de um helicóptero.

A Guarnição do CISP Mata Grande, através de levantamento feito pela P2(2° Seção) da PM-AL e Polícia civil e com o apoio das Guarnições do PELOPES, COPES/CAATINGA, AÉREO, FORÇA TAREFA, GPMs de Àgua Branca, Pariconha, Barragem Leste, deslocou-se até o Povoado Caldeirão, Zona Rural do município de Mata Grande para verificar uma situação de plantação(roça) de cannabis(maconha) numa fazenda, chegando ao local foi constatado que realmente havia a citada plantação.

     Aproximadamente haviam cerca de 25.000 (vinte e cinco mil) pés da planta mencionada, que em ato contínuo à chegada ao local do fato todos os militares envolvidos na operação se empenharam de forma coletiva e arrancaram todos os pés de cannabis. Devido a quantidade exorbitante da planta descoberta, não foi possível transportar todo o material apreendido até a delegacia, cerca de 10 pés da erva foram apresentados na 26° DP de Delmiro Gouveia, para análise, o restante da plantação foi incinerada pelas equipes que estavam presentes no local da apreensão.

     Na fazenda foi localizada uma residência distante 200 metros da plantação, além de uma espécie de barraco, com roupas, calçados, alimentos e panelas em um fogo à lenha ainda aceso. No momento que as guarnições chegaram ao local do fato não havia nenhuma pessoa na casa ou na vizinhança.